fbpx

Campo Grande (bairro do Rio de Janeiro)

Campo Grande (bairro do Rio de Janeiro)
Campo Grande é um extenso e populoso bairro da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, que dista 55km do centro da cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente da Avenida Rio Branco.[4]
O bairro de Campo Grande é sede da região administrativa de Campo Grande, que compreende os bairros de Campo Grande, InhoaíbaSenador Vasconcelos e Santíssimo. Sua ocupação remonta a 17 de novembro de 1603, devendo-se sobretudo aos inúmeros trabalhos jesuíticos na região. Além de ser um bairro de enormes proporções, limitando-se com diversos outros bairros, Campo Grande possui, de acordo com o Censo 2010, cerca de trezentos e trinta mil habitantes, sendo assim considerado o mais populoso do município do Rio de Janeiro, como também é o bairro mais populoso do Brasil.
Saúde[editar | editar código-fonte]
Hospital Municipal Rocha Faria.
O bairro conta com modernos hospitais como o Oeste D'Or, Casa de Saúde Nossa Senhora do Carmo, Hospital Di Campi e a Unidade Médica Avançada do Hospital Pasteur. Tem ainda duas UPA's (unidades de pronto atendimento) e o Hospital Municipal Rocha Faria (antigo Hospital Estadual Rocha Faria) entregue ao município, depois de problemas financeiros e administrativos do Governo do Estado do Rio de Janeiro), além de diversas pequenas clínicas particulares.
Economia[editar | editar código-fonte]
Campo Grande possui uma economia bastante diversa, com áreas rurais, uma zona industrial importante para a cidade e um comércio que tem experimentado crescimento significativo nos últimos anos.

Habitação[editar | editar código-fonte]
Edifício residencial na Estrada do Campinho.
O tecido urbano de Campo Grande é regular e descontínuo; a ocupação sendo resultante de loteamentos isolados de grandes áreas. Na verdade, Campo Grande, por dispor de vasta rede de serviços e um comércio que foi se expandindo e se diversificando, cresceu extraordinariamente.
Os mais altos níveis de presença de imóveis próprios encontram-se em Campo Grande. O predomínio é de casas com dois quartos, com área construída de 60 metros quadrados. A CEHAB construiu, nos anos de 1962 a 1979, os seguintes empreendimentos: Bairro de Santa Margarida na Estrada do Campinho entre Cosmos e Campo Grande, região que juntamente com o trecho da Avenida Brasil resultou em um grande contraste com a região central do bairro e com outros sub-bairros.
O bairro passa uma valorização e crescimento imobiliário, nos últimos anos foram lançados diversos empreendimentos residenciais e comerciai